O PROJECTO

Contribuições, insultos, projectos de execução, mas principalmente donativos chorudos para:

blog_oprojecto@hotmail.com (com minúsculas)

segunda-feira, junho 30, 2003

 

NY #1

Quando o segundo avião desapareceu no interior da torre, já a primeira ardia à vinte minutos. Foi esse o tempo que durou a possível ideia de um acidente. Após o segundo embate tudo ficou mais claro. Lembro-me que por uns intantes não consegui falar. Aquilo ultrapassava-me. Por tudo o que aquela cidade representa era a última que merecia ser alvo de qualquer atentado. De volta aos meus sentidos telefonei a um primo meu, engenheiro, para lhe fazer uma única pergunta: "Ouve lé, achas que aquilo cai?". pausa . Estes três segundos de hesitação foram o suficiente. Já sabia que a cidade de Scorcese e Woddy Allen não voltaria a ser o mesmo. Mesmo quando veio a resposta "É pá, acho que não... quer dizer..." nada me tirava da cabeça que o WTC já tinha desaparecido. Fiquei a ver para confirmar o inevitável. À medida que a temperatura subia, a estrutura de aço (que perdera a sua protecção anti-fogo no embate) cedia. Era uma questão de tempo. Os 20 andares de cima cairiam como se tivessem sido largados sobre os restantes. O jornalista da CNN que fazia a reportagem numa varanda relativamente afastada do sítio dizia que não coneguia ver por causa do fumo. De repente ouve-se um estrondo. O jornalista, na sua varanda relativamente afastada, baixou-se para se proteger ( do quê). Quando se pôs em pé virou-se de costas para a câmara para tentar perceber o que se tinha passado. "Só vejo fumo" dizia. E depois, não escondendo alguma incredibilidade, disse o que eu já tinha percebido "Parece que a primeira torre acabou de cair, não tenho a certeza". Queríamos acreditar até à última que aquilo não tinha acontecido. Enquando o fumo não se dissipou a torre manteve-se de pé. Porque aqueles edifícios, de aço e vidro, não pertenciam a uma cidade. Pertenciam a uma imagem que não tem nacionalidade.

O centro do mundo tinha sido atingido. Live on camera. Quem, por um segundo que seja, tenha pensado que "pois isto também é resultado da política dos EUA, não é?" apresenta sérios desiquilíbrios. Desiquilíbrios esses que são responsabilidade dos media. Não conseguem perceber que NY represanta-nos a todos, a sociedade democrática e livre.
Perversa a mente que acha que o WTC era o símbolo do "capitalismo selvagem americano".
O WTC era o elemento mais identificável se uma imagem que continua fazer sonhar o mundo inteiro. LAC
Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2003   Julho 2003   Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]