O PROJECTO

Contribuições, insultos, projectos de execução, mas principalmente donativos chorudos para:

blog_oprojecto@hotmail.com (com minúsculas)

segunda-feira, outubro 27, 2003

 

Gehry: eu também...ou talvez não

Agora que leio o post do LAC lembro-me nítidamente de quando conheci o projecto EMP (Experience Music Project) do Gehry e da indecisão que foi na altura para chegar a alguma conclusão. Já tinha tido a felicidade de visitar Bilbau, experiência que deixou marca indelével. A verdade é que ao tomar conhecimento do EMP as coisas aconteceram de forma diferente, notei na altura um certo facilitismo na aplicação da fórmula mágica. Lembro-me do desajuste entre a liberdade criativa e a necessidade pragmática de elaboração de áreas com utilizações bastante específicas e constrangedoras. O que leva à questão, de que se por um lado há um esforço na criação de uma "linguagem nova" esta perde o pé na altura da elaboração do "miolo", do "cerne" do edifício. É que rodeados pelas "fachadas" há uma série de espaços perfeitamente banais, com uma organização ortogonal e sem grande história. Uma coisa é a evolução do pensamento puro arquitectónico, a outra é a real evolução da arquitectura enquanto dado físico. Creio que o contributo do Gehry é mais no sentido desta última, o que não é de alguma forma uma crítica negativa, bem pelo contrário. AD
Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2003   Julho 2003   Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]