O PROJECTO

Contribuições, insultos, projectos de execução, mas principalmente donativos chorudos para:

blog_oprojecto@hotmail.com (com minúsculas)

sexta-feira, dezembro 05, 2003

 

Show di bola

Na peça «Sete Minutos» acontece a dada altura um fenómeno curioso. Uma personagem diz que está ali, no teatro, para ver o show. O público solta uma gargalhada fermentada pelo ambiente. Mas ri de quê? Um velho, caso típico de comédia de carácter, apelida uma peça de teatro de show. Onde está o humor?
Talvez o motivo do nosso riso tenha a ver com a palavra inglesada show, que quando pronunciada com o sabor do calor brasileiro torna-se imediatamente uma caricatura. Mas há mais do que isso. Sabemos que o teatro não é nenhum show. Não é? Então o que é? Porque não é um show?
Isto está caro para todos. Até a tanga temos de comprar em saldos. Só há uma coisa que estamos dispostos em gastar: entretenimento. Para nos divertirmos largamos a nota preta, sem medos. Para esquecer. O público médio, ao qual eu não tenho a pretensão de querer fugir, exige da sua peça de teatro uma elevada componente de entretenimento, uma alta capacidade para o divertir, uma dose valente de show. É-lhe difícil conceber uma peça que tente ultrapassar essa bidimensionalidade. Ainda por cima porque é paga. O teatro hoje em dia transformou-se num show, que como qualquer outro vive dos palhaços e dos truques, do homem elástico e da mulher peluda, do rapaz que decorou a lista telefónica, do homem que engole fogo e cospe espadas, de ilusões.
A nossa vida tornou-se numa constante luta contra ela própria. Só vivemos para esquecer, para desanuviar, para nos iludirmos, para nos esquecermos que existimos.
Então porque rimos todos quando o pobre velho diz que veio para ver o show? Afinal, não viemos todos? LAC

Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2003   Julho 2003   Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]