O PROJECTO

Contribuições, insultos, projectos de execução, mas principalmente donativos chorudos para:

blog_oprojecto@hotmail.com (com minúsculas)

segunda-feira, abril 26, 2004

 

Ao Salmoura:

A frase «ideologicamente» à deriva era uma (ingénua, pensei eu) provocação. Precisamente por ser comunista. Se há atitude que se reconhece nos militantes do partido é a sua coerência. Cunhal teve uma carreira política marcada por essa palavra. Acontece que eu não sou comunista (tal como o Salmoura) embora não esteja assim tão longe da direira que nos governa. E dizer que o comunismo é a única ideologia que se «conhece» nos dias de hoje não é, felizmente, verdade. Dizer que um comunista está «à deriva» é talvez um contra-senso. Como diz o Salmoura, um comunista tem «referências seguras», tem «bússola» e «conhece o Norte». No entanto, e numa visão de quem não vê nada de socialmente justo ou politicamente correcto no comunismo, esse «Norte» não é o mesmo que o meu. E por isso, segundo o meu referencial, qualquer comunista está à deriva. Quis separar a ideologia da obra. Porque a obra, essa, é sublime. Mas não tenho ilusões. A história da arquitectura moderna está marcada por «ideologias» socialistas. Para o bem e para o mal.

P.S.: Agradeço a expressão de «admiração» do Salmoura. Mas aviso-o: expressões dessas podem indicar sérios indícios de «deriva» no que respeita ao reconhecimento da qualidade. Um abraço. LAC
Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2003   Julho 2003   Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]