O PROJECTO

Contribuições, insultos, projectos de execução, mas principalmente donativos chorudos para:

blog_oprojecto@hotmail.com (com minúsculas)

sexta-feira, junho 25, 2004

 

Só mágica

Seguro nas mãos o livro da Somague que celebra a construção dos seus estádios. Estádio do Dragão, Estádio do Bessa, Estádio de Leiria, Estádio da Luz, e o Estádio do Algarve. Pode dizer-se que a Somague é, em boa parte, responsável por esta proeza de não ter ocorrido nenhum atraso significativo. Não foi o único. Não me esqueço que, no dia da inaguração do Estádio da Luz, os enúmeros agradecimentos deixaram de fora a HOK Sport. Mas adiante. O que este livro me lembra é a dúvida permanente que assombrou o nosso país. A sensação de desastre iminente. Que tudo iria falhar. Vejo as fotografias das fases de escavações, fundações, primeiros arranques de pilares, a primeira bancada, a segunda bancada, esse momento entusiasmante da colocação da cobertura, a primeira cadeira, a segunda cadeira, o relvado verde. Fui acompanhando, à distância mas não só, o desenrolar do processo. Falava-se dos milhões, milhões gastos a despropósito. Eu consentia. Não valia a pena. Sabia bem do que o futebol é capaz. Hoje confirmo, ao ver gente que sempre ignorou e maltratou este desporto verter lágrimas e ranger dentes com os jogos da selecção. A construção dos estádios representou dois anos de inferno e angústia. A nós? Não. Àqueles que dia após dia viam o calendário apertar e as responsabilidades a pesar. Apesar de apenas um ser um projecto de arquitectura relevante (Braga), e outro representar uma mais valia urbana (projecto das Antas), a construção e remodelação em simultâneo de dez estádios num pequeno país como Portugal ficará marcada na história lusa. Pela capacidade de realização, pelos esforços financeiros (que confesso não entender de onde vieram), mas principalmente porque possibilitou a reconciliação do país com o futebol. Exagero? Não creio. Apesar dos pecados todos que carrega, o onze contra onze continuará a ser o grande gerador de mitos e heróis modernos. Pão e circo? Bom, neste caso é circo. E do bom.
Comentários: Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]





<< Página inicial

Arquivos

Junho 2003   Julho 2003   Agosto 2003   Setembro 2003   Outubro 2003   Novembro 2003   Dezembro 2003   Janeiro 2004   Fevereiro 2004   Março 2004   Abril 2004   Maio 2004   Junho 2004   Julho 2004   Agosto 2004   Setembro 2004   Outubro 2004  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]